Saúde Integral

09/01/2018 06h30

Mais Azeite, please!

Conheça mais sobre as maravilhas do azeite de oliva e aumente seu uso

Por Nosso Bem Estar

Depositphotos
M12 b

Para incluir na sua rotina

O azeite de oliva é extraído de azeitonas maduras, após lavagem, moagem, prensagem fria e centrifugação. Está entre os óleos comestíveis mais consumidos do mundo, especialmente na culinária mediterrânea.

Ele é rico em ácidos graxos, especialmente o ômega 9, responsável por aumentar as taxas de colesterol bom e diminuir as de colesterol ruim, no sangue. Além desse benefício, o azeite de oliva é antioxidante, prevenindo doenças do coração, inflamações e até o câncer.

O melhor azeite de oliva é o do tipo extravirgem. É utilizado geralmente na preparação de pratos ou como condimento para saladas por conta de sua baixa acidez. Para escolhê-lo, prefira os que vêm acondicionados em vidros escuros, pois a luz pode oxidar o óleo. Para manter esse benefício de baixa acidez, guarde a embalagem longe do calor e da luz.

Formas de consumo

Além de ser um ótimo tempero para saladas, ele pode ser consumido de muitas outras formas, seja na finalização de pratos ou também para refogar verduras e legumes.

Contudo, é importante frisar que o azeite de oliva não deve ser utilizado para fritar alimentos, ele serve para quando o alimento não fica muito tempo em contato com o calor, já que as altas temperaturas alteram as suas características e, consequentemente, os seus benefícios.

Para ter mais saúde com azeite de oliva, consuma duas colheres (sopa) por dia desse óleo, da forma que preferir.

Na estética também!

Você já ouviu falar de azeite de oliva para o cabelo? E para a pele? Já fez ou conhece alguém que passou por um tratamento de beleza caseiro com esse óleo?

É possível fazer hidratação capilar com azeite de oliva, evitando ressecamento dos fios e frizz, por conta dos ácidos graxos e da vitamina E. Como a umidade perdida é reposta, os cabelos ficam macios, sedosos e leves.

Contudo, há algumas recomendações de uso: passe apenas nos fios, sem encostar no couro cabeludo. E retire o azeite totalmente, para que o cabelo não fique “cheirando à cozinha”. Por causa de sua gordura, também se pode lavar os fios no tanque, para não engordurar o piso do banheiro, evitando acidentes e facilitando a remoção do produto.

O azeite de oliva também é utilizado na pele, protegendo-a do ressecamento e evitando a incidência direta dos raios solares. O óleo também é benéfico para limpar o rosto, retirando as impurezas e células mortas.

Versátil e acessível

O azeite de oliva é um ingrediente versátil, benéfico para todo o corpo e possui preço acessível, sendo fácil de achar nas prateleiras dos supermercados. Compre agora mesmo o seu!

 

Azeite de oliva emagrece?

Quem busca a perda de peso geralmente passa longe de gorduras. Mas, no caso do azeite de oliva, isso deveria ser diferente. Afinal, esse óleo é benéfico e repleto de gorduras boas. E pode colaborar com o emagrecimento.

Isso acontece porque o azeite de oliva demora mais para ser digerido, então promove maior sensação de saciedade. Além disso, em razão da obesidade ser uma doença inflamatória, o azeite é bom porque combate e previne inflamações.

Apesar disso, não é possível se esquecer de que o azeite de oliva faz parte das gorduras e pode colaborar com o aumento de peso se não for associado à alimentação balanceada e exercícios físicos.

X