Planeta

11/07/2016 10h00

Plantas em apartamento, você pode cultivar!

Muitas pessoas deixam de cultivar plantas por morarem em apartamentos. Descubra como isso é possível com a plantação de hortas verticais.

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Horta

Plantas não são exigentes quanto ao espaço, mas, sim, quanto à luz.

Todo mundo sabe que, para preparar um prato bem temperado e saboroso, nada melhor do que ter à mão temperos frescos. Além de deixar o alimento mais saboroso e mais colorido, usá-los ainda traz benefícios para nossa saúde.

Por isso, nada melhor do que ter a sua própria horta em casa. A boa notícia é que, mesmo para quem mora em apartamentos ou ambientes com pouco espaço, existem maneiras de cultivar suas plantas favoritas. Quer saber como? Já ouviu falar em hortas verticais? Não? Então continue lendo.

Onde plantar

Plantas não são exigentes quanto ao espaço, mas, sim, quanto à luz. Elas precisam da luz do dia para fazer fotossíntese, algo importante para sua existência. Por isso, o ideal é colocar suas plantas em lugares iluminados. Caso elas não fiquem em ambientes iluminados, é recomendável deixá-las, pelo menos por quatro horas diárias, expostas ao sol, de preferência de manhã ou no final da tarde quando o calor é mais ameno.

O que é preciso para montar uma horta vertical?

Sua casa não precisa ter um quintal e dispor de um espaço para que você crie a sua horta vertical. Como o próprio nome já diz, a horta vertical nada mais é que uma estrutura montada e adaptada em um determinado espaço para que possa servir de uma espécie de “prateleira” de plantas. Vale destacar a importância da fixação da estrutura, independente de sua construção.

É possível encontrar estruturas metálicas destinadas a este fim, como também alguns móveis de madeira que adicionam um ar rústico aos ambientes. Mas existem também formas mais simples de se montar uma horta vertical: você pode, por exemplo, fixar os vasos individualmente em uma parede.

Como escolher o vaso ideal?

Para criar a sua horta vertical é possível usar vasos feitos de diversos materiais, como barro, metal, plástico, vasos reciclados a partir de garrafas PET, embalagens de leite, panelas usadas e por aí vai.

O tipo de vaso escolhido, inclusive, pode compor a decoração do ambiente, deixando-o mais personalizado e aconchegante. Vale lembrar que, no caso dos vasos de barro, nada melhor do que se certificar da força da estrutura.

Cultivando plantas em vasos

Como já mencionamos acima, existem diversos tipos de vasos e alguns deles requerem determinados cuidados para não só garantir a saúde de seu jardim, mas também a harmonia do ambiente onde serão colocados.

  • Escolhendo o tipo de vaso: Se, por ventura, você optar pelo vaso de cimento ou cerâmica, o primeiro passo é impermeabilizá-lo deixando-o secar por alguns dias antes de plantar, já que isso evita vazamentos.
  • Drenagem: Para facilitar a drenagem, é recomendável colocar no fundo do recipiente materiais como brita, telhas ou pedaços de tijolos e, em cima de tudo, uma camada de areia.
  • Preparando a terra: É possível comprar substrato em lojas especializadas em jardinagem, mas você também pode adotar uma postura mais sustentável e preparar a sua própria terra. Para fazer isso em casa você precisará misturar cinco partes de composto orgânico (que pode ser húmus) a uma parte de adubo animal, ou seja, esterco, e uma parte de areia. Caso sua intenção seja uma horta orgânica, basta adicionar adubos granulados com NPK.
  • Semeadura ou transplante de mudas: Logo após semear a planta escolhida, basta irrigar os vasos na medida certa.

Plantas e ideais para vasos e hortas verticais

Algumas plantas, por contarem com raízes curtas, são perfeitas para serem plantadas em vasos:

  • Salsa
  • Cebolinha
  • Alface
  • Coentro
  • Pimentão
  • Rúcula
  • Tomate-cereja
  • Morango
  • Alecrim
  • Couve
  • Sálvia
  • Orégano
  • Calêndula
  • Manjericão
  •  

Se o local destinado à sua horta vertical não receber muita luz durante o dia, uma das plantas abaixo podem ser plantadas normalmente. Porém, vale lembrar que, mesmo assim, crescerão com menos volume e em menor tamanho devido à falta de uma exposição à luz.

  • Salsa
  • Cebolinha
  • Hortelã
  • Capuchinha
  • Tomilho
  •  

Plantando sua horta vertical

Esperamos que essas dicas sejam úteis na criação de sua horta vertical e nos cuidados com ela. É bom ressaltar a necessidade de uma limpeza periódica e, também, a observância a respeito da água parada que é muito comum em vasos de plantas.

Seguindo essas orientações e adotando os cuidados necessários, você pode ter a sua própria horta vertical, independentemente do espaço que tem disponível para isso. Você só tem a ganhar em saúde, bem-estar e economia!

X